O C6 Bank, com sede em São Paulo, apareceu no grupo de 100 fintechs que devem estar no radar dos investidores globais, segundo a consultoria norte-americana. Fundado por egressos do BTG Pactual, tem entre os sócios o JPMorgan Chase, maior banco do mundo em ativos. Fora do varejo bancário no Brasil, o americano adquiriu 40% do C6 Bank em 2021 como parte da sua estratégia global de investimentos em fintechs e bancos digitais. Em agosto deste ano, aliás, o JPMorgan fez novo aporte no negócio, elevando a sua fatia para 46%.

O recente investimento feito foi destacado no ranking da CB Insights, uma vez que foi a última rodada de recursos recebida pelo banco brasileiro, que apresentou em novembro deste ano o primeiro lucro mensal de sua história, iniciada em 2019. No total, o C6 já teria captado cerca de US$ 2,371 bilhões, segundo a consultoria.

Já a Estoca, fundada em 2020 e com base em São Paulo, é uma startup especializada em logística para sites de comércio eletrônico. A empresa tem como investidores fundos como os brasileiros Canary VC e Astella Investimentos, as americanas 8VC, K50 Ventures, Y Combinator, do Vale do Silício, FJ Labs e Irongrey, além da colombiana Marathon Ventures.

Desde sua criação, a Estoca já arrecadou um total de US$ 9,14 milhões, conforme a CB Insights. A maior parte foi levantada em sua última rodada de investimentos, no valor de US$ 6,1 milhões, cerca de R$ 32 milhões, em fevereiro deste ano. A rodada foi liderada pela Astella e contou ainda com a participação dos americanos FJ Labs e Irongrey.

Monitorado por Vejas.com.br – Link Original:
C6 e Estoca são únicas brasileiras na lista das 345 startups mais promissoras no mundo em 2024 | Empresas