Trata-se justamente da Caju, especializada em benefícios corporativos “flexíveis” e que permite, por exemplo, trocar vale transporte por assinatura de Netflix. A coincidência entre tema e nome, claro, foi a sacada para a assinatura do contrato, que vai até dezembro deste ano, abrangendo dos ensaios técnicos a eventos pós-carnaval.

A parceria prevê, por exemplo, que os mascotes da Caju e da Mocidade gerem conteúdos juntos nas redes sociais. A startup também estará no ensaio técnico da Mocidade da próxima semana. O objetivo é massificar a marca da startup, que tem 30 mil empresas na carteira de clientes.

— O gancho com a Mocidade, que este ano tem como tema do samba-enredo o caju, foi a oportunidade perfeita — diz Mariana Hatsumura, diretora de marketing da Caju. — Vamos fazer uma ação de distribuição de material promocional sobre a empresa, com cupons de desconto de parceiros em nome da nossa plataforma de benefícios para usuários.

Monitorado por Vejas.com.br – Link Original:
Caju, a startup que vai patrocinar a Mocidade (e seu samba-enredo viral)