Em meio às dificuldades, a alegretense enxergou oportunidades e encoraja outros a não deixarem o medo impedir a realização de grandes feitos.

Maria Luiza é a primeira bebê do ano na maternidade de Alegrete

No dia 9 de fevereiro de 2021, Diéssica e o esposo, Rafael, iniciaram uma jornada que os levaria para além das fronteiras de Alegrete, sua amada cidade natal. A decisão de assinar o contrato para uma franquia marcou o começo de uma trajetória repleta de desafios, mas também de conquistas significativas. O casal, embora esteja alcançando o sucesso, faz questão de expressar sua gratidão aos lares que deixaram para trás.

A primeira franquia foi instalada em Sapiranga, um novo território cheio de promessas, mas logo a realidade do empreendedorismo se impôs. Organizar o negócio tornou-se uma tarefa árdua, mesmo com alguma experiência em gestão de alimentação. Em busca de mobilidade e giro para a loja, Rafael que é natural da Mata começou a dirigir para o Uber, enquanto a principal fonte de renda provinha das vendas de frango.

Conflito familiar termina em agressão com facão

O desconhecido e a distância tornaram-se desafios diários, com Diéssica indo de casa para o trabalho e a saudade se tornando uma companheira constante. A superação começou a ganhar forma quando o casal decidiu expandir, montando uma segunda loja em Igrejinha. A expectativa era alta, mas como afirmam, nada é fácil. A vontade de dar certo, no entanto, era ainda maior.

Ao final de 2022, surgiu uma oportunidade única: a compra da FNP Taquara. Com a quisição feita, a vida de empreendedor começou a se estabilizar. Diéssica ficou responsável pela loja de Sapiranga, Rafael pela de Taquara, e a irmã Joelle assumiu o comando da unidade em Igrejinha. Lidar com fornecedores e boletos se tornou mais familiar, e as coisas começaram a melhorar.

Carnaval, se sair, não deverá contar com a Unidos dos Canudos

O início deste ano trouxe mudanças significativas, com a chegada do irmão mais novo de Diéssica, Fernando, e a contratação da tia Gizele. A família cresceu, assim como os negócios. Diéssica, ao deixar Alegrete, tinha um propósito claro: oferecer um mundo de oportunidades para sua família. E esse comprometimento logo se concretizou.

No final de 2023, uma nova oportunidade bateu à porta: a loja de Montenegro. A compra desta franquia prestes a fechar consolidou ainda mais o caminho de sucesso do casal. O medo já não existia, apenas a fome de crescimento. Um novo membro da família, Raul, foi trazido para cuidar da loja em Montenegro, juntamente com a cunhada Ana Paula.

A gratidão de Diéssica se estende à sua família e amigos, especialmente à mãe Carmem Hoffmann, padrasto Anderson Pacheco, pai Eleu Ramos, e madrasta Carmem Martins, por toda a criação e apoio incondicional. A jornada empreendedora, que começou há 2 anos e 8 meses, já resultou na gestão de quatro lojas, e o casal está pronto para expandir ainda mais.

Retrospectiva PAT| Assassinatos cresceram em 2023 em Alegrete; veja a cronologia dos crimes

Rafael Dalosto, o esposo, desempenhou um papel crucial nessa trajetória ao abandonar a faculdade para empreender ao lado de Diéssica. O ditado “o olho do dono que engorda o gado” é a filosofia que guia o casal, agora girando entre suas franquias diariamente.

Atualmente, com uma equipe de 28 colaboradores, Diéssica e Rafael mantêm os pés no chão, subindo degrau por degrau. O reconhecimento da origem(Alegrete), que pra ela é um dos fatores cruciais para ter empreendido e o apoio contínuo da família impulsionam essa jornada grandiosa, onde, no meio das dificuldades, oportunidades se revelam.

No encerramento, Diéssica deixa uma mensagem inspiradora: “no meio de tanta dificuldade existe uma oportunidade. Não deixem o medo de dar errado impedir de fazer algo grandioso.” A história de Diéssica Ramos e Rafael Dalosto é um exemplo de coragem, resiliência e determinação no mundo do empreendedorismo.E assim, desde que decidiu virar a chave para o empreendedorismo, Diéssica e Rafael já construíram uma bela jornada, mostrando que, no meio das adversidades, o sucesso pode florescer quando se tem determinação, trabalho árduo e uma dose generosa de gratidão. O casal também expressa o reconhecimento a Nuno e a IVA pela oportunidade e compreensão.

Monitorado por Vejas.com.br – Link Original:
Casal empreendedor cresce nos negócios e leva familiares para a linha de frente