Luiz Carlos Lamouche Ribeiro de Castro Rodrigues reclama que recebeu uma oferta da Claro para comprar um aparelho. Depois de muita insistência aceitou, mas observou que foram feitas mudanças em seu pacote de serviços.

Reclamação de Luiz Carlos Lamouche Ribeiro de Castro Rodrigues: “Como assinante do Estadão, estou escrevendo para reclamar da Claro que não respeita seus clientes. Tenho um Combo da Claro (Claro TV+, Claro Net Virtua, Net fone e Serviços Móveis). Há um mês, a empresa está me oferecendo um Iphone 15 Pro de 256 Gb. Depois de tanta insistência, comprei o referido aparelho, quando mandaram o resumo do pedido havia mudado meu plano de serviços móveis para 400 Gb, com um valor muito maior caracterizando venda casada (proibido pelo código do consumidor). Contestei porque quando comprei tinham mantido meu plano atual. Devido à reclamação, cancelaram o meu pedido informando que não tinham o produto em estoque. Como uma empresa deste porte vende, debita o valor no cartão de crédito, e só depois de tudo aprovado informa que não tem o produto, sem informar quando vão estornar o valor no meu cartão de crédito? Total falta de respeito com o consumidor. Obrigado antecipadamente pela publicação.”

Leitor reclama de atendimento da empresa de telefonia. Foto ilustrativa. Foto: Adobe Stock

Resposta da Claro: “A Claro informa que, em contato com o Sr. Luiz , realizou todos os esclarecimentos necessários. A operadora continua à disposição por meio de seus canais de atendimento.”

Caso necessário, o leitor pode voltar a entrar em contato.

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Continua após a publicidade

Monitorado por Vejas.com.br – Link Original:
Claro: leitor reclama de atendimento da empresa de telefonia