IA muda expediente das empresas e dos trabalhadores Foto: Celso Doni/Divulgação

Uma grande maioria de empresas brasileiras (86%) consultadas pela Dynatrace, especializada em observabilidade e segurança unificadas, já alteraram as funções e habilidades exigidas no recrutamento de novos funcionários por conta da Inteligência Artificial (IA).

O levantamento revela que as companhias estão aumentando seus investimentos em IA em todas as áreas de seus negócios para melhorar a produtividade, automatizar tarefas, reduzir custos e acompanhar a concorrência. A Dynatrace entrevistou 1.300 executivos de tecnologia da informação de grandes empresas mundiais.

Nos próximos 12 meses, 61% dos líderes de tecnologia mundiais disseram que aumentarão seus investimentos em IA para acelerar o desenvolvimento e a geração de códigos de forma automática.

Em contrapartida, esses executivos (93%) estão preocupados que a Inteligência Artificial possa ser utilizada para finalidades não aprovadas, à medida que os funcionários se familiarizam mais com o uso de ferramentas como o ChatGPT. Há temor também de que a IA Generativa crie códigos que possam resultar em vazamento de informação, uso indevido ou ilegal de propriedade intelectual e disseminação de informações falsas.

Monitorado por Vejas.com.br – Link Original:
Empresas alteram exigências nas contratações por conta da IA