A Firjan, que reúne as indústrias do Rio, quer abrir as portas de um mercado bilionário às pequenas empresas: o das licitações públicas, que estava praticamente fora do alcance daquela categoria de firmas.

A estratégia vem depois de uma nova pesquisa da federação calcular que, embora as compras públicas de governos estadual e municipais do Rio movimentem R$ 8 bilhões ao ano, mais de três quartos das PMEs do Estado nunca participaram de qualquer processo.

Isso apesar de essa categoria de empresa representar 97% dos estabelecimentos comerciais e 40% dos postos de trabalho no Rio e, por lei, ter direito a preferência nas compras públicas.

Para incluir as PMEs nesse mercado, a Firjan fará este ano esforços de capacitação sobre as minúcias de licitações e afins. O processo será guiado pelas conclusões da pesquisa, segundo a qual as PMEs enfrentam dificuldades básicas, como providenciar a documentação exigida no prazo estipulado, atender o volume solicitado no edital e até mesmo acessar as informações para participar das licitações.

O levantamento identificou demanda latente: 77,5% das PMEs que nunca participaram de compras públicas demonstram interesse em aprender sobre como entrar nos certames.

Monitorado por Vejas.com.br – Link Original:
Firjan quer que pequenas empresas entrem no bilionário mercado de licitações