Empresas biomédicas estão transformando a pesquisa contra o câncer ao usar inteligência artificial (IA) para prever respostas a tratamentos. Essa abordagem visa otimizar ensaios clínicos e personalizar terapias com base em dados acumulados de ensaios e pesquisas genéticas.

A IA ajuda cientistas a analisar grandes conjuntos de dados, identificando padrões correlacionados com a resposta ou resistência ao tratamento. Startups aplicam a IA para prever a eficácia de medicamentos em estudos clínicos e criar testes que auxiliam médicos na escolha de tratamentos, como mostra uma reportagem recente do The Wall Street Journal.

{{#values}}
{{#ap}}

{{/ap}}
{{^ap}}

{{/ap}}
{{/values}}

Leia mais:

Terri Shieh-Newton, membro da firma de advocacia Mintz, Levin, Cohn, Ferris, Glovsky and Popeo, destacou ao WSJ que a IA permite integrar diversos conjuntos de dados, evitando vieses. No entanto, ressalta que a tomada de decisões humanas é crucial no treinamento de algoritmos.

Investimentos no setor

Investidores estão apostando em startups, como Artera, Vivodyne e Enable Medicine, que arrecadaram significativos financiamentos. Essas empresas usam IA para desenvolver testes preditivos e personalizados.

Tais inovações superam desafios em modelos animais de testes, impulsionando a busca por medicamentos mais eficazes.

A revolução da IA na descoberta de medicamentos contra o câncer não é uma questão de “se”, mas de “como” e “quando”, conforme destaca Jon Hu, co-fundador e CEO da Pepper Bio.

Startups e IA

O The Wall Street Journal apresentou algumas startups que estão se utilizando de ferramentas de inteligência artificial para criar medicamentos contra diferentes tipos de câncer.

ArteraAI (Artera):Desenvolveu um teste para orientar decisões de tratamento para câncer de próstata.Utiliza IA e dados de ensaios clínicos para prever respostas a medicamentos em dezenas de tumores sólidos.Vivodyne:Utiliza órgãos humanos cultivados em laboratório e IA para prever respostas a medicamentos.Enfoca a descoberta de proteínas-alvo por meio de uma abordagem inovadora.Enable Medicine:Aplica IA para gerar insights em biologia e medicina.Analisou dados de RNA para identificar características associadas à resposta a imunoterapias.Pangea Biomed:Colabora com fabricantes de medicamentos para determinar quais cânceres direcionar em ensaios clínicos.Examina padrões de interação de genes para prever a eficácia de medicamentos em pacientes com mutações genéticas específicas.Pepper Bio:Adota uma abordagem “transômica” para analisar DNA, RNA e proteínas em tumores.Busca adquirir medicamentos que visam vias biológicas promissoras no tratamento do câncer.

Monitorado por Vejas.com.br – Link Original:
IA revoluciona previsões de respostas a medicamentos contra o câncer