O leilão da marca de chocolates Pan, famosa pelos cigarrinhos, moedas e lápis de chocolate nos anos 1960 e 1980, começa nesta segunda-feira às 13h em São Paulo, com lance mínimo de R$ 27,7 milhões. Até o momento, 12 empresas estão na disputa, sendo dez do setor alimentício. O valorar arrecadado tem como objetivo pagar os credores da empresa.

Após decretar falência, em fevereiro do ano passado, a empresa vendeu sua fábrica localizada em São Caetano do Sul, no ABC Paulista, para a Cacau Show por R$ 71 milhões em um leilão realizado em setembro. Procurada pelo GLOBO, a gigante de chocolates não respondeu se pretende disputar a marca.

A Pan tem uma estimativa de faturamento anual de R$ 51 milhões, de acordo com um relatório aprovado pela Justiça de São Paulo, que também estipula uma taxa de royalties a ser cobrada em um possível licenciamento de 5%, representando mais de R$ 2,1 milhões, dado o seu valor histórico A empresa conta com 37 marcas de chocolates sob o seu guarda-chuva.

Cigarrinhos e moedas de chocolate, marcas famosas da Chocolates Pan — Foto: Reprodução

Para o leiloeiro oficial, Erick Teles, a venda será tão bem-sucedida quanto a do imóvel da antiga fábrica da Pan:

— A marca tem enorme potencial de mercado. Por isso, o leilão tem atraído muitos interessados — diz.

Segundo Raquel Monteiro, diretora jurídica da Positivo Leilões, plataforma responsável por conduzir o leilão, o processo será feito em três etapas. A primeira começa nesta segunda-feira às 13h e vai até o dia 1º de fevereiro, com as marcas sendo leiloadas a R$ 27,7 milhões.

Se não houver lance vencedor, o leilão é levado a um segundo round, por metade do valor. Caso ainda não haja lance, segue para a terceira, na qual não há valor mínimo.

— A Pan tem uma história centenária e está presente na memória afetiva dos brasileiros. Quem comprá-la terá a oportunidade de reviver essa incrível história, com um detalhe fundamental: livre de qualquer dívida. É como começar uma nova vida, sem ter que olhar para trás, com uma marca conhecida e com enorme potencial de crescimento no mercado de chocolates — afirma o administrador judicial da ARJ Consultoria e Assessoria Empresarial, Fábio Garcia.

* Estagiária sob supervisão de Danielle Nogueira

Monitorado por Vejas.com.br – Link Original:
Marca de chocolates Pan vai a leilão nesta segunda-feira, com 12 empresas na disputa