A Arctic Ice, com sede na Gronelândia, recolhe gelo dos fiordes para depois o enviar para os Emirados Árabes Unidos e ser vendido a acompanhar os cocktails nos bares mais exclusivos do país.



Artic Ice

A utilização de gelo glaciar em bebidas é uma prática comum na Gronelândia e durante os últimos anos vários foram os empresários que tentaram exportar este hábito, no entanto ainda nenhum tinha tido sucesso até que a Arctic Ice encontrou mercado nos Emirados Árabes Unidos.
Malik V Rasmussen é um dos fundadores da startup, lançada em 2022, e partilhou que acredita que o gelo da Gronelândia é um produto de luxo uma vez que foi comprimido ao longo de milénios não tem bolhas e derrete mais lentamente que o natural, além de ter uma água mais pura.

De acordo com o site da Arctic Ice: “O Gelo Ártico provém diretamente das geleiras naturais do Ártico, que estão congeladas há mais de cem mil anos. Estas partes das camadas de gelo em contacto com quaisquer solos nem foram contaminadas por poluentes produzidos pelas atividades humanos. Isso faz do gelo Ártico o H2O mais limpo da terra”.

Nas redes sociais vários são os comentários sobre as implicações que este tipo de negócios pode ter para o meio ambiente: “Não se deveriam preocupar com os efeitos do aquecimento global em vez de estarem a vender água do Ártico?”. No entanto a empresa acredita que o seu negócio é ecologicamente correto e que tem valor social.

Nem todo o tipo de gelo que existe na Gronelândia é vendido pela Arctic Ice, a empresa procura um tipo específico de gelo que não esteve em contacto com topo nem com um fundo do glaciar, este tipo de gele +e difícil de detetar na água por ser completamente transparente. Para desenvolver todo este processo a Artic Ice utiliza um barco especializado que arrasta os glaciares até Nuup Kangerla, um fiorde perto de Nuuk, e retira os pedaços desejados para uma caixa de plástico.

Quando já é possível encher um contentor com o gelo encontrado é transportado para a Dinamarca para mais tarde ser enviado para os Emirados Árabes Unidos.

A Arctic Ice assumiu este ano o compromisso de se tornar neutra em carbono, através da compensação das emissões emitias quer na captura quer no armazenamento e transporte do gelo.

A startup pode também assumir um papel importante no crescimento económica da Gronelândia, que atualmente se encontra fortemente dependente da Dinamarca, cuja subvenção anual representa 55% do orçamento da Gronelândia.









Descubra as
Edições do Dia

Publicamos para si, em dois períodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui ,
para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana

Artigos Relacionados




Monitorado por Vejas.com.br – Link Original:
Startup na Gronelândia envia gelo glaciar para bares nos Emirados Árabes Unidos – Dinheiro