06/01/2024

Avaliação inédita de encostas e taludes da PR-410 vai identificar áreas de risco de futuros deslizamentos

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), autarquia da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), abriu nesta sexta-feira (05), em sessão realizada pela internet no Portal de Compras do Governo Federal, as propostas da licitação para avaliar as encostas e taludes da PR-410 (Estrada da Graciosa) entre o km 6 e km 16, em Morretes, na região do Litoral.

Três empresas foram classificadas, com propostas entre R$ 1.467.197,270 a R$ 2.640.334,140: Neoconstec Consultoria Técnica Ltda., G5 – Engenharia e Gerenciamento Ltda. e Moretti Engenharia Consultiva Ltda.

Durante a sessão, as participantes foram informadas pela comissão de contratação do DER/PR que as notas das propostas de preços e propostas técnicas serão divulgadas no dia 19 de janeiro, às 10h da manhã. Uma quarta empresa, com proposta de preço muito acima do valor estimado em edital, foi desclassificada automaticamente.

O objetivo dessa contratação é identificar todas as áreas de risco de deslizamentos e elaborar soluções para garantir sua estabilidade, evitando que novos danos voltem a ocorrer na Estrada da Graciosa, que teve seu tráfego liberado integralmente no final do ano passado, após serem recuperados os estragos causados pelas chuvas.

O edital contempla serviços de mapeamento e perfilamento a laser em veículo aéreo, avaliação das condições de drenagem, avaliação das condições geotécnicas e realização de sondagens, consolidação de estudos sobre o trecho e elaboração de um mapa de risco, e a elaboração de projetos básicos de engenharia para os pontos críticos identificados. A área que será monitorada tem 6,82 quilômetros quadrados.

O prazo de execução das atividades será de cinco meses, após assinatura de contrato e emissão de Ordem de Serviço.

Monitorado por Vejas.com.br – Link Original:
Três empresas disputam edital de monitoramento de áreas de risco da Estrada da Graciosa